sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Ato no Fórum de Sumaré na sexta-feira, dia 26/10, às 13h

Queremos autorização da justiça para tocar a fábrica!

Após a intervenção federal na Cipla, a situação administrativa da Flaskô ficou ainda mais complicada, pois não podemos mais compartilhar a procuração legal que os trabalhadores da Cipla haviam conquistado.

Desde a ocupação em junho de 2003, sempre tentamos conseguir na justiça uma procuração para os trabalhadores da Flaskô, mas todas as vezes recebemos um não como resposta. Porém, agora vamos fazer uma nova tentativa.

Vamos tentar acelerar o andamento de uma ação feita pela Dra Luana em agosto, que pede para a juíza nomear o camarada Pedro (do Conselho de Fábrica) como administrador judicial dos bens. Ser administrador judicial dos bens é diferente e melhor do que ser apenas depositário fiel. Permite mais autonomia na gestão do patrimônio e, portanto, uma maior legalização para usarmos as máquinas, equipamentos e outros bens. Queremos trabalhar em paz, portanto, vamos lutar para conquistar essa autorização!

Nossa mobilização será importante porque esse pedido está parado faz tempo nas mãos de um perito. Ele precisa emitir um parecer para a juíza poder tomar uma decisão. Mas, não dá para ficar esperando. Queremos que a juíza analise o caso imediatamente! Para ajudar nisso também entregaremos um abaixo-assinado que já conta com mais de 150 adesões.
(link:
http://tiremasmaosdacipla.blogspot.com/2007/09/abaixo-assinado-em-fase-final-aumentar.html).

Assim, já estamos preparando a bateria nota 10 da Flaskô para fazermos uma bela apresentação para a juíza no dia 26/10, sexta-feira! Que rufem os tambores e as bombonas! Dra juíza, queremos trabalhar em paz! Os bens da Flaskô são dos trabalhadores! Todos ao ato público!

2 comentários:

Ninguem disse...

Esta legal o site.

Renegade Eye disse...

Comradely greetings